Quem escreve as cartas?


MARIANA NEVES
FUNDADORA DO PROJECTO CArtas cruzadas
no outro dia encontrei uma carta que escrevi para os meus avós quando tinha seis anos. Era um papel cheio de flores pintadas e dizia "Da MARIANA, PARA OS AVÓS DE QUEM GOSTO MUITO". NÃO ME LEMBRO DE A TER ESCRITO, MAS LEMBRO-ME PERFEITAMENTE da sensação que é escrever para alguém que gostamos: para mim, das melhores do mundo.
A MINHA PAIXÃO POR CARTAS ADVÉM DA PAIXÃO PELAS MEMÓRIAS, PELAS PARTILHAS E POR ESTA SENSAÇÃO MARAVILHOSA QUE É DEDICAR-MO-NOS A ALGUÉM. escolher a cor do envelope consoante a cor favorita de quem o recebe, perguntar como correu aquele dia especial, falar sobre tudo o que não se fala nas redes sociais (que embora mais rápidas, nem sempre são as mais eficazes).
admito, GOSTO DO SIMPLES PRAZER DE PREENCHER UMA PÁGINA VAZIA COM LETRAS DESENHADAS A PENSAR EM ALGUÉM. gosto de partilhar a paisagem do meu jardim quando escrevo ou tentar descrever o som do vento. gosto de me demorar a escrever, respirar realmente enquanto escrevo uma vírgula. saborear o momento. e saborear também a demora da resposta, seja ela qual for. até porque o melhor das cartas é que não têm validade de resposta.

para mim, as cartas são assim, uma ponte segura que cruza duas pessoas num caminho cheio de carinho, detalhes e partilha. 

ao crescer com este bichinho das cartas, apercebi-me também que muita gente nunca tinha recebido uma carta. e pensei: como é possivel alguém não conhecer a felicidade de receber uma carta? e, assim, cá estou eu desde 2012 a enviar cartas a desconhecidos que se tornam amigos, a descrever sonhos que se tornam realidades, e a enviar sorrisos que são abraços escritos.  


sabe mais sobre mim: 
➸ LINKEDIN
➸ blogue chá & girassóis 
➸ mail: PCARTASCRUZADAS@GMAIL.COM 

BLOG OFICIAL

Instagram